Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
comentários
qual das paginas vocês gostaram? e interessante?
Maquiagem para pele moren
alma de mulher
moda mulhe
intimidade femanina
tudo sobre sexo
dicas 30 beijos do kama s
6 DICAS PARA TER A VIDA A
dicas e cuidados com seus
Ver Resultados

Rating: 2.7/5 (1210 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...



amigos-vale ouro <div data-mvc-banner="sky-wide"></div><script type="text/javascript"> (function(storeName) { var b = document.createElement('script'); b.type = 'text/javascript'; b.async = true; b.src = 'https://www.magazinevoce.com.br/js/banner.js?store='+ storeName; var s = document.getElementsByTagName('script')[0]; s.parentNode.insertBefore(b, s); })('luxmais'); </script>

 

 

 

 

Para conseguir a amizade de uma pessoa digna é preciso desenvolvermos em nós mesmos as qualidades que naquela admiramos.

Sócrates

A verdadeira amizade é aquela que nos permite falar, ao amigo, de todos os seus defeitos e de todas as nossas qualidades.

Millôr Fernandes

No final, não nos lembraremos das palavras dos nossos inimigos, mas do silêncio dos nossos amigos.

Martin Luther King" alt="" width="58" height="64" />

curte tambem a minha pagina no face

https://www.facebook.com/pages/Amigo-Que-Nos-Aplaude-E-Nos-ignora/234416906758945?ref=bookmarks


13 de abril dia do beijo
13 de abril dia do beijo

 

 

Dia 13 de abril é o Dia do Beijo e para comemorar a data nada melhor do que distribuir beijos para as pessoas que você gosta ou encher uma pessoa especial de beijinhos.

Há beijos fingidos ou frios, ardentes, por obrigação ou super desejados. Existem os aderentes, provocantes, sonoros, secos e molhados. Existem, enfim, milhares de formas de beijar e neste assunto sempre haverá o que aprender.

Os beijos são a primeira estratégia de sedução. Depois de muitos olhares e palavras, o beijo é o primeiro passo para o contato físico. Por isso é superimportante que você saiba dar beijos adequados para cada momento e, também, saiba bem como beijar.

 

O beijo

É a forma mais simples de demonstrar de carinho, afeto, amor, amizade.

Movimenta 29 músculos, sendo que 17 músculos são da língua.

Queima o excesso de calorias.

Libera um hormônio chamado serotonina, que eleva o humor e produz uma sensação de bem-estar e felicidade.

Em uma época que é prática comum entre os beijoqueiros de carteirinha beijar primeiro e conhecer o dono da boca depois ou mesmo competir com amigos para ver quem beija mais em uma balada, quem tem o privilégio de ver o mundo desaparecer durante alguns segundos, sabe valorizar um bom beijo.

Um beijo nunca é igual ao outro. Nem mesmo beijando a mesma pessoa. O beijo bom vem da prática e da intimidade. Não há regras e mesmo que elas existissem, ninguém se lembraria na hora H.

Tipos de Beijos

O doce 
O derretedor 
O apaixonado 
fingidos ou frios 
ardentes 
por obrigação 
superdesejados 
aderentes 
provocantes 
sonoros 
secos 
molhados 
De língua, 
Selinho 
No rosto 
Roubado 
De amor 
De irmão 
De amigo 
De pai 
De mãe

Vale qualquer tipo de beijo para comemorar: de língua, selinho, no rosto, roubado, de amor. Beijo de irmão, de amigo, de pai e de mãe. História do beijo

Não se sabe quem instituiu o Dia do Beijo e nem ao certo quando o beijo surgiu. Há quem diga que foi no ano 500 antes de Cristo, na Índia. Já Charles Darwin acreditava que o beijo era uma evolução das mordidas que os macacos davam no parceiro nos ritos pré-sexuais.

Há também quem diga que o beijo surgiu das lambidas que os homens das cavernas davam em seus companheiros em busca de sal. Ou ainda uma variante de um gesto de carinho das mulheres das cavernas que mastigavam o alimento e o colocavam na boca de seus filhos pequenos.

Existem, enfim, milhares de formas de beijar e neste assunto sempre haverá o que aprender.

Os beijos são a primeira estratégia de sedução. Depois de muitos olhares e palavras, o beijo é o primeiro passo para o contato físico. Por isso é superimportante que você saiba dar beijos adequados para cada momento e, também, saiba bem como beijar.

15 coisas para FAZER ao beijar

1. Suavidade, sempre: mova seus lábios suavemente. É a melhor forma de quebrar o gelo

2. Suavidade, de novo: trate de seguir o ritmo da outra pessoa se é suave, ou impor o seu, se não está confortável, mas evite afobação

3. Não à mesmice: mude os movimentos da boca e da língua para descobrir sensações novas.

4. Boca limpa: escove sempre muito bem os dentes. Nada pior do que dentes sujos ou com tártaro.

5. O ambiente também importa: se você estiver planejando o primeiro beijo com aquela pessoa especial, escolha um momento romântico e um lugar legal. Os beijos sempre ficam melhores quando o resto ajuda.

6. Mantenha a expectativa: se beijar é bom, manter o interesse da outra pessoa é ainda melhor. Não fique beijando o tempo inteiro... saiba a hora de parar um pouco, conversar e dar um tempinho antes de começar de novo.

7. Diminua o ritmo na hora certa: antes de parar o beijo, dê uma esfriada nele. Não é muito legal deixar a outra pessoa na vontade...

8. Perfume, sim: um cheirinho agradável no pescoço sempre é legal. Mas cuidado para não exagerar...

9. Abrace e acaricie: ao beijar alguém, você não tem que parar de fazer tudo. Use as mãos para fazer carícias e abraçar a outra pessoa. Cafunés são fundamentais...

10 Relaxe!: a melhor forma de dar um bom beijo é disfrutá-lo e o sentir. Ou seja, não adianta ficar tremendo na hora H.

11. Escolha bem a pessoa: beijar por beijar nem sempre é legal. Escolha bem a pessoa, a ocasião... escolhas erradas sempre dão resultados ruins.

12. Use os dentes: umas mordidinhas nos lábios são bastante excitantes para a maioria das pessoas. Vá com calma, mas não deixe de experimentar.

13. Feche os olhos: assim você poderá se concentrar no que está fazendo. Fora que é muito desagradável beijar alguém que está sempre de olhos abertos... parece que está procurando outra pessoa mais interessante para beijar, não?

14. Sorria depois: mostre à outra pessoa que você gostou do beijo. Se você ficar com uma atitude séria, vai parecer que o beijo foi horrível.

15. Dê um selinho ao parar: quase todo mundo gosta. Depois de dar aquele beijo de parar o trânsito, ao terminar, volte e dê só um selinho. Isso deixa a outra pessoa com vontade de beijar mais...

 

Dia do Beijo

13 de Abril

Há beijos fingidos ou frios, ardentes, por obrigação ou superdesejados. Existem os aderentes, provocantes, sonoros, secos e molhados. Existem, enfim, milhares de formas de beijar e neste assunto sempre haverá o que aprender.

Os beijos são a primeira estratégia de sedução. Depois de muitos olhares e palavras, o beijo é o primeiro passo para o contato físico. Por isso é superimportante que você saiba dar beijos adequados para cada momento e, também, saiba bem como beijar.

Confira todas as dicas e os tipos de beijo e se prepare para sair beijando por aí. Mas, claro, só pessoas que valham a pena, né?

16 tipos de beijo ... escolha o seu

Beijo comprido esquerdo

Usual na Índia. Segue carinhosamente o canto da boca. É um bom beijo de entrada para quase todos os beijos.

Beijo Rodin

É o mais perfeito de todos. Nele existe pureza, ternura, sensualidade, proteção e ambos os amantes desejavam o beijo.

Frontal com ponta

A ponta da língua faz movimentos para cima e para baixo lentamente, podendo tocar as gengivas.

Inferior com mordida superior que desliza

Vem da Índia. Uma boca beija o lábio superior, enquanto a outra morde levemente o inferior. Uma das modalidades do beijo que os homens japoneses davam nas gueixas. Além de sensual, estimula o fluxo sangüíneo e relaxa. É a seqüência do mesmo beijo, ao estilo japonês, que começa na nuca, segue para o canto da boca até o encontro dos lábios.

Beijo anestesia

Pressionar fortemente a língua na gengiva da outra pessoa. Peça para ela respirar profundamente. O céu da boca ficará anestesiado.

Beijo vampiro

Ela gosta de deixar marcas de suas investidas e, em geral, utiliza os dentes nos lábios e nas regiões em torno da boca.

Selo seco esquerdo

Um selo estalado no canto esquerdo da boca. Pode variar para o selo molhado com ponta, com a introdução da língua.

Beijo direto

Quando os lábios dos dois amantes entram em contato direto. Não expressa paixão intensa, mas afeição num estágio inicial do desejo.

Inclinado xis

Os parceiros inclinam as cabeças para o lado , formando um X. Permite o máximo contato labial e a penetração profunda da língua.

Beijo mamadeira

Um dos parceiros coloca os lábios ao redor da boca e começa a sugá-los para dentro da boca, como um bebê tomando mamadeira.

Branca de Neve

Beijo doce e clássico, que pode e deve ser dado a qualquer momento.

Beijo inferior invertido

Beijo dado de cabeça para baixo, pressionando os lábios no lábio inferior da boca.

Beijo no queixo

Comum na Índia. Pode vir acompanhado de uma mordida leve, considerada extremamente sensual.

Invertido com língua profunda

Aqui a diferente textura da língua, já que ambas estarão se tocando com a parte superior dela, proporciona a novidade.

O Beijo

Pra aprender a beijar bem
É preciso paciência
Boca linda e gostosa
Isso (só) pouca gente tem.
Já beijei o feio e o torto
Família, gente postiça
Diletos e (até) afilhados -
Não consigo é beijar morto.
Pra vocês pela internet
No dia de beijação
Beijocas e mais bicotas
Virtuais, mas não/sem esquete.

Fonte: www.velhosamigos.com.br

Dia do Beijo

1. Beijo de lado

Quando as cabeças das duas pessoas se inclinam em direções opostas e o beijo é produzido nessa postura.

Essa é uma das formas mais comuns de se beijar e a preferida dos filmes. As cabeças inclinadas permitem um melhor contato dos lábios e uma penetração profunda da língua. É um modo excelente de começar um encontro amoroso apaixonado e também um modo de estimular a paixão entre o casal.

2. Beijo inclinado

Quando um dos dois coloca a cabeça para trás e a outra pessoa, que a segura pelo queixo, a beija. A doçura e o afeto são as emoções principais que são transmitidas com esse beijo. Um beijo desse tipo é apropriado para as preliminares, quando se prefere fazer sexo com lentidão e de frente.

3. Beijo direto

Quando os lábios dos dois se unem diretamente e se chupam como se fossem uma fruta madura. É um tipo de beijo em que o importante é que além de serem chupados, os lábios sejam mordiscados e levemente acariciados com a língua. É um beijo tranqüilo e demorado, que pode expressar uma forte paixão e que excita muitas pessoas mais do que o beijo de língua.

 

4. Beijo pressão

Os lábios se pressionam fortemente com a boca fechada. É um beijo para iniciar a relação ou para terminá-la, não convém mantê-lo por muito tempo. Os dentes se cravam na parte interior dos lábios e pode sair sangue.

5. Beijo superior

Quando um dos dois pega o lábio superior com seus dentes e o outro devolve o "carinho" beijando-lhe o lábio inferior. Na descrição deste beijo fala-se que uma pessoa do casal deve tomar a iniciativa e o outro se limita a correspondê-la. Uma possível razão para isso é que o Kama Sutra foi escrito para homens ativos e mulheres passivas. Mas, nos casais atuais, cada um deve ser o mais criativo possível e deixar que a imaginação se expresse como ela é, e não se limite a responder a iniciativa do outro.

6. Beijo broche

Quando um dos dois se prende aos lábios de seu amante, isso é chamado de beijo broche. E se o que realiza o beijo toca seus dentes, a gengiva ou o céu da boca com a língua, esse beijo chama-se "luta de língua".

7. Beijo palpitante

Quando um dos dois deposita sobre os lábios milhares de beijos bem pequenos percorrendo toda a boca e as comissuras (junção dos lábios).

8. Beijo contato

Quando se toca ligeiramente com a língua a boca do outro e faz apenas contato com os lábios.

9. Beijo para acender a chama

É o beijo na comissura (junção) dos lábios que costuma ser dado no meio da noite para incendiar a paixão.

10. Beijo para distrair

O beijo ideal para quando vocês estiverem assistindo a algo na televisão e a pessoa quer chamar a atenção do parceiro com seus beijos. Para começar, lembre-se de que nem todos os beijos precisam ser na boca. Segundo o Kama Sutra, outros lugares recomendados para iniciar a "batalha" são: a testa, os olhos, as bochechas, o peito, os seios, a zona abaixo da boca, a cabeça, a nuca e o pescoço junto com a clavícula.

11. Beijo nominal

Quando um dos dois se limita a tocar a boca do outro, depois de beijá-la, com os dedos.

12. Beijo com os cílios

Quando se percorre os lábios ou o rosto do outro e se acariciam os cílios com beijos.

13. Beijo com um dedo

Quando o amante percorre a boca da amada por dentro e por fora com um dedo.

14. Beijo com dois dedos

Quando o amante fecha dois dedos, molha-os ligeiramente nos lábios da amada e faz uma pressão sobre sua boca.

15. Beijo que desperta

O beijo que se dá nas têmporas, próximo da raiz do cabelo, quando o outro está dormindo, para despertá-lo com suavidade.

16. Beijo que demonstra

Costumam ser dados à noite e em lugares públicos. Um dos dois se aproxima do outro e o beija suavemente na mão ou no pescoço.

17. Beijo da lembrança

É dado quando os amantes estão descansando após a satisfação sexual e um dos dois coloca a cabeça sobre a coxa do outro e deixa-a cair, como se estivesse com sono, beijando-lhe na coxa ou nos dedos do pé.

18. Beijo transferido

Esse beijo ocorre quando o amante, na presença da amada, beija alguém que esteja próximo dele no rosto, ou mesmo alguma foto ou qualquer outra coisa, olhando para ela como se o beijo fosse para a parceira.

19. Beijo choroso

É produzido quando um dos dois sente tanta falta do outro, que na ausência do outro beija seu retrato.

20. Beijo viajante

Ainda que pareça que os beijos sempre costumam se centralizar na boca, colocar os lábios em outras partes do corpo é uma forma de excitação garantida.

21. Beijo no peito

Os beijos mais efetivos nos seios são os que se aplicam primeiro com os lábios, suavemente e com um pouco de saliva. Depois, intensifica-se a pressão e, se a parceira o deseja e gosta desse tipo de beijo, pode-se pegar os seios com os dentes e pressionar ligeiramente. Algumas pessoas preferem sentir um pouco de dor nos seios quando estão prestes a ter um orgasmo.

22. Beijo sem pressa

A chave é prestar total atenção no corpo do outro. Quanto mais controle você tiver e mais se concentrar em acariciar e beijar cada canto do corpo, mais intensa será a sensação de prazer para ambos.

Onde há amor, há dor

Segundo a tradição erótica da Índia, a mordida é um elemento muito importante e o Kama Sutra dá uma boa lista de mordidas com toda riqueza de detalhes.

As mordidas costumam ser dadas em quase todas as partes do corpo e vão desde a mordida brincalhona, mais provocadora que erótica, até o forte apertão com os dentes que costuma ser dado no calor da paixão e faz com que os orgasmos sejam mais duradouros. No entanto, muitos costumam evitar este último tipo de mordida, porque é difícil de controlar e costuma deixar marcas muito evidentes. Também porque durante o orgasmo as mandíbulas podem sofrer um espasmo e fechar com força, o que pode ocasionar feridas.

As mordidas recomendadas pelo Kama Sutra são:

23. Mordida de Javali

O rastro que deixa na pele são como filas indianas, muito próximas umas das outras e com intervalos vermelhos como as pegadas que costumam ser deixadas pelos javalis no barro. É uma mordida que costuma ser feita no ombro.

24. A nuvem quebrada

Consiste em levantamentos desiguais da pele em círculo, produzidos pelos espaços que há entre os dentes. O Kama Sutra especifica que este tipo de mordida deve ser feita no peito.

25. Mordida escondida

É a mordida que só deixa uma intensa marca vermelha e que deve ser dada no lábio inferior.

26. Mordida clássica

Quando se pega com os dentes uma grande quantidade de pele.

27. O ponto

Quando se pega com os dentes uma pequena quantidade de pele de tal maneira que só fique uma marca como um ponto vermelho.

28. A linha dos pontos

Quando essa pequena porção de pele é mordida com todos os dentes e todos eles deixam sua marca. Deve ser dada na testa ou na coxa.

29. O coral e a jóia

É a mordida que resulta da junção dos dentes e dos lábios. Os lábios são o coral e os dentes são a jóia.

30. A linha de jóias

Quando se dá uma mordida com todos os dentes.

Fonte: www.formosaportal.com.br

Dia do Beijo

Um beijo é o ato de pressionar os lábios um contra outra pessoa ou um objeto. Conotações culturais de beijar variam amplamente. Dependendo da cultura e contexto, um beijo pode expressar sentimentos de amor , paixão , afeto , respeito , saudação , amizade , paz e boa sorte, entre muitos outros. Em algumas situações, um beijo é um gesto ritual, formal ou simbólica, indicando respeito, devoção, ou sacramento . A palavra veio do Inglês Antigo cyssan ("beijar"), por sua vez, a partir de coss ("um beijo").


Beijo romântico

 História

 

 


Romeu e Julieta se beijando em um quadro de Sri Frank Dicksee.

Entre as primeiras descrições escritas de beijos estão incluídos no poema épico Mahabharata , escrito há 3.000 anos na Índia antiga e no Cântico dos Cânticos , do Antigo Testamento :

Que ele me beije com os beijos da sua boca,

porque o [seu] amor é melhor do que o vinho.

No início do século 20, o antropólogo Ernest Crawley escreveu que o beijo foi "uma expressão universal na vida social das civilizações mais elevados dos sentimentos de afeto, amor (sexual, parental e filial), e veneração", embora posteriormente que "beijar na boca não era para ser encontrada em grande parte do mundo". Ele observou que na sociedade japonesa, antes do século 20, não houve beijo ", exceto quando aplicado por uma mãe para o seu filho", enquanto em África era comumente observado que nem os maridos e as esposas, nem amantes, beijavam o outro.

No entanto, o beijo era comum na Grécia Antiga e Roma Antiga, como os pais beijavam seus filhos, ou quando os amantes e pessoas casadas beijassem.

Crawley conclui que, em geral, apesar de beijar foi predominante de alguma forma desde os tempos primitivos, ele "recebeu seu desenvolvimento principal na cultura ocidental ". O beijo nas sociedades ocidentais também foi usado em vários atos religiosos e cerimoniais, como onde o beijo tinha um valor sacramental.

Tipos

Kristoffer Nyrop identificou uma série de tipos de beijos, como beijos de amor, carinho, respeito, paz e amizade. Ele observa, no entanto, que as categorias eram um tanto artificial e sobrepostas, e outras culturas, muitas vezes tinha mais tipos, incluindo o francês, com 20 e os alemães com 30.

Expressão de afeto e amor

Beijar na boca de outra pessoa se tornou uma expressão comum de afeto entre muitas culturas em todo o mundo. No entanto, em determinadas culturas, o beijo só foi introduzido através da colonização europeia e, antes disso, beijar não era uma ocorrência de rotina. Exemplos disso incluem certos povos indígenas da Austrália, os taitianos, e muitas tribos da África.

Beijar na boca é uma expressão física de afeição ou amor entre duas pessoas, em que as sensações de tato, paladar e olfato são envolvidos.

Beijo sexual ou romântico


Amantes se beijando em um parque.

O beijo é uma expressão importante de amor e emoções eróticas. No livro de Kristoffer Nyrop de, O Beijo e sua História , Nyrop descreve o beijo de amor como uma mensagem de "exultante do anseio de amor, amor eternamente jovem, a oração ardente de desejo quente, que é nascido em dos amantes lábios, , como Charles Fuster disse, "até o céu azul das planícies verdes", como um concurso, tremendo oferta de gratidão. " Ele acrescenta, que o beijo de amor ", rico em promessas, dá uma sensação inebriante de felicidade infinita, coragem e juventude, e, portanto, supera todas as outras alegrias terrenas na sublimidade". 

Ele também compara-o a conquistas em vida ", assim mesmo o trabalho o mais elevado de arte, ainda, a mais alta reputação, não é nada em comparação com o beijo apaixonado de uma mulher que se ama". 

O poder de um beijo não é minimizada quando ele escreve que "nós desejamos tudo de beijos e todos nós procurá-los. É inútil lutar contra essa paixão Ninguém pode fugir à onipotência do beijo..." Beijar, ele implica, pode levar à maturidade: "É através de beijos que um conhecimento de vida e felicidade primeiro vem a nós.

Como resultado, o beijo como uma expressão de amor está contida em grande parte da literatura, o velho e o novo. Nyrop dá um exemplo vivo na clássica história de amor de Daphnis e Chloe. Como recompensa "Chloe concedeu um beijo em Daphnis-um beijo inocente a uma jovem, mas que tem sobre ele o efeito de um choque elétrico"

Beijo de carinho

Um beijo pode ser também usada para expressar sentimentos, sem um elemento erótico, mas pode ser, no entanto "muito mais profundo e duradouro", escreve Nyrop. Ele acrescenta que tais beijos pode ser expressiva do amor ", no sentido mais amplo e abrangente da palavra, trazendo uma mensagem de afeto leal, gratidão, compaixão, simpatia, alegria intensa e profunda dor".

O exemplo mais comum é o "sentimento intenso que tricota pais para sua prole", escreve Nyrop, mas acrescenta que os beijos de afeto não são apenas comum entre pais e filhos, mas também entre os outros membros da mesma família, o que pode incluir os que estão fora do círculo familiar imediato, "em todos os lugares onde profundo afeto une as pessoas".: 82 A tradição está escrito na Bíblia, como quando Orfa beijou a mãe-de-lei e quando Moisés foi ao encontro de seu pai-de-lei , ele "fez reverência, e beijou-o, e perguntaram um ao outro de seu bem-estar, e eles entraram na tenda" (Êxodo 18:7), e quando Jacó tinha lutado com o Senhor se encontrou com Esaú , correu em direção a ele, caiu em seu pescoço eo beijou. O beijo família era tradicional com a romanos e beijos de afeto são frequentemente mencionados pelos primeiros gregos , como quando Ulisses , ao chegar a sua casa, encontra seus pastores fiéis.

Beijo de carinho

Afeto pode ser uma causa do beijo "em todas as idades em momentos graves e solenes", observa Nyrop ", não só entre aqueles que se amam, mas também como uma expressão de profunda gratidão. Quando o apóstolo Paulo se despediu dos anciãos a congregação em Éfeso , "todos eles choraram muito, e caiu ao pescoço de Paulo e o beijou" (Atos 20:37). Beijos também podem ser trocados entre estranhos, como quando há uma profunda simpatia ou o interesse em mais quente, outra pessoa.

Beijo como ritual