Sites Grátis no Comunidades.net
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
comentários
qual das paginas vocês gostaram? e interessante?
Maquiagem para pele moren
alma de mulher
moda mulhe
intimidade femanina
tudo sobre sexo
dicas 30 beijos do kama s
6 DICAS PARA TER A VIDA A
dicas e cuidados com seus
Ver Resultados

Rating: 2.7/5 (1190 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...



amigos-vale ouro <div data-mvc-banner="sky-wide"></div><script type="text/javascript"> (function(storeName) { var b = document.createElement('script'); b.type = 'text/javascript'; b.async = true; b.src = 'https://www.magazinevoce.com.br/js/banner.js?store='+ storeName; var s = document.getElementsByTagName('script')[0]; s.parentNode.insertBefore(b, s); })('luxmais'); </script>

 

 

 

 

Para conseguir a amizade de uma pessoa digna é preciso desenvolvermos em nós mesmos as qualidades que naquela admiramos.

Sócrates

A verdadeira amizade é aquela que nos permite falar, ao amigo, de todos os seus defeitos e de todas as nossas qualidades.

Millôr Fernandes

No final, não nos lembraremos das palavras dos nossos inimigos, mas do silêncio dos nossos amigos.

Martin Luther King" alt="" width="58" height="64" />

curte tambem a minha pagina no face

https://www.facebook.com/pages/Amigo-Que-Nos-Aplaude-E-Nos-ignora/234416906758945?ref=bookmarks


A traição mudou, mas não tanto
A traição mudou, mas não tanto



A traição mudou, mas não tanto

Especialistas contextualizam a infidelidade dos famosos e dos mortais

Infidelidade, ao que tudo indica, continua sendo um tremendo assunto. Nos últimos dias, as notícias de que Kristen Stewart havia traído Robert Pattinson e tentava uma reconciliação e de que Giovanna Ewbank havia reatado com Bruno Gagliasso, depois dele supostamente ter “pulada a cerca”, inundaram os jornais e revistas de fofocas.

Perdoa não perdoa? Traiu ou não traiu? Faz as pazes ou não? Homem pode trair, mulher não? Ou vice-versa? O Delas foi conversar com especialistas para saber como anda a traição hoje.

 

 


Há rumores de que Pattinson estaria disposto a perdoar Kristen

 A traição é um clássico (Luis Felipe Pondé) 

“Traição é um clássico da experiência moral humana. Mas hoje as mulheres podem trair mais”, destaca o filósofo e colunista da Folha de S. Paulo, Luiz Felipe Pondé. Aliás, os números da infidelidade comprovam isso. Pesquisa da antropóloga Mirian Goldenberg, autora de “Por que os homens e as mulheres traem?”, apontou que 47% das mulheres entrevistadas já tinham sido infiéis.

As mulheres andam insatisfeitas com seus parceiros (Mirian Goldenberg) 
Mas por que nos dias atuais, com os relacionamentos cada vez mais soltos, as pessoas ainda traem? Segundo Mirian, os homens continuam sendo incentivados a terem um maior número de parceiras e as mulheres andam extremamente insatisfeitas com seus maridos e namorados.

Aceita-se mais a ideia de que é possível ter várias experiências amorosas (Luis Cuschnir) 
A ideia de que é possível ter várias experiências amorosas também contribui. “Há uma aceitação maior a respeito da impossibilidade de existir somente um amor na vida de uma pessoa, assim como não há somente uma amizade”, contextualiza o psiquiatra Luiz Cuschnir, que está lançando seu mais novo livro “Como mulheres poderosas se tornam mulheres conquistadoras”.

As mulheres ainda têm medo da fama de galinha (Mirian Goldenberg) 
Porém, socialmente ainda é difícil admitir a traição. Segundo Mirian, a fidelidade ainda é extremamente valorizada, eles têm medo do estigma de corno e as elas da fama de galinha. “As mulheres continuam sendo as mais punidas quando pegas na traição, especialmente pelas próprias mulheres. Elas vão ser mal faladas”, analisa Pondé.

Falar de sofrimento 'pega mal', quem é traído acaba sofrendo calado (Luis Felipe Pondé) 
Outro aspecto destacado por ele é um certo mal-estar causado pela infidelidade, mas que ninguém fala: “As pessoas continuam sofrendo quando são traídas. Há um marketing maior da aceitação, você não pode nem falar de sofrimento, agonia. Tem que mostrar que é bem resolvido. Onde é que alguém é bem resolvido em afeto?”, questiona o filósofo.

Ideal mesmo ainda é saber amar sem trair (Luis Cuschnir) 
Toda essa comoção em torno da infidelidade entre os casais famosos, só escancara que, apesar de uma liberdade aparentemente maior, o buraco é mais embaixo: “Saber amar sem trair ainda é esperado nos dias atuais”, afirma Cuschnir.

E os fatos da vida real só comprovam isso. Depois de ser pega traindo Robert Pattinson, Kristen Stewart pediu perdão publicamente e especula-se na imprensa internacional que ela será cortada da continuação de “Branca de Neve e o Caçador”, por conta da pulada de cerca. Já para Pattinson, o episódio teve repercussão positiva e ele vem aproveitando as entrevistas para divulgar seu novo filme “Cosmopólis”.

Já Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank ganharam capa de revista semanal comentando a reconcialição. “A classe média projeta suas fantasias, acha que um casal bonitinho nunca vai trair”, comenta Pondé. O sonho ainda é, assim, como nos contos de fada, todos viverem felizes para sempre.



10 lições para um casamento feliz

Manter o casamento feliz dá trabalho, mas não é impossível: tratar o companheiro sempre com respeito e manter o romantismo é essencial. Veja 10 dicas para chegar lá

Nos primeiros meses depois de casar, o relacionamento parece um conto de fadas: surpresinhas românticas, programas a dois e muita delicadeza são a regra. Com o passar do tempo, no entanto, é comum que os problemas do dia a dia interfiram na harmonia do casal e o que era motivo de alegria pode passar a ser dor de cabeça. 

Mas manter o casamento feliz não é nenhum bicho de sete cabeças. Reunimos entrevistas e pesquisas que, em 10 passos, dão o caminho para um relacionamento duradouro e gostoso. Se está na hora de seu casamento passar por uma revisão, confira as lições abaixo. 


Que tal levar o "...e foram felizes para sempre" para a vida real? Um relacionamento feliz pede cuidados e atenção: o resultado vale a pena!

 

1 - O valor dos pequenos gestos - É natural que, com o passar do tempo, os casais se acomodem com a rotina e deixem a paixão de lado – mas isso pode ser evitado. Para ter uma relação duradoura, é importante se empenhar e realizar pequenos gestos que reacendem a brasa do amor, como enviar mensagens românticas e positivas ao longo do dia. A psicóloga social Barbara L. Fredrickson, da Universidade da Carolina do Norte, sugere manter um diário de eventos positivos e negativos que acontecem entre você e seu parceiro, e se esforçar para aumentar a proporção dos positivos sobre os negativos, realizando pequenos gestos de amor.

2 - Não se acomode! - Quanto mais tempo de relacionamento, maior é a intimidade do casal. Toda essa proximidade pode acabar apagando a chama do amor, por conta do comodismo da situação. Um erro comum é não privilegiar o momento a dois: ao invés de checar as redes sociais e jogar videogame, que tal aproveitar para conversar sobre o dia ou trocar carinhos? Compartilhe interesses e momentos divertidos: “Muita gente mora sob o mesmo teto, mas não compartilha nada. Em função disso, não constroem uma relação”, aponta a terapeuta de casal Magdalena Ramos.

3 - Respeite os agregados - Se a vontade é levar o relacionamento adiante e construir uma vida a dois, vale lembrar que o parceiro traz consigo uma série de “bagagens”, como amigos e familiares, que devem estar presentes nessa nova fase. Fazer intrigas, apontar os defeitos dos amigos e criar uma relação negativa com a família do outro são erros fatais. “Tem que ser agregador nas relações familiares e sociais”, afirma o  psicólogo Luiz Alberto Hanns.

4 - Cuidar da saúde é cuidar do amor - Um estilo de vida mais saudável e menos estressante também é benéfico para o casamento. Um estudo apontou que se a saúde do casal vai bem, o relacionamento flui com mais tranquilidade e qualidade. "O casamento se mantém estável se estamos mal de saúde? O que descobrimos foi que existe uma relação entre a saúde e a felicidade nos dois grupos. Se eles estão bem de saúde, há mais felicidade", disse Cody Hollist, da Universidade de Nebraska, coautor da pesquisa.

5 - Mantenha a chama da paixão acesa - A história de que a paixão dura apenas por um curto período do relacionamento não é tão verdadeira assim, como afirmou um estudo. Casais de longa data mostraram que ainda se sentem apaixonados por seus parceiros – e o segredo deles não é coisa de outro mundo: carícias, maturidade e companheirismo mantêm viva a chama da paixão. 

6 - Filhos mudam tudo – mas não podem mudar o amor - É inevitável: com a chegada dos filhos à vida do casal, o relacionamento acaba passando por uma série de mudanças. Para evitar desgastes, a dica é priorizar o diálogo e o companheirismo na nova fase, sem deixar o romantismo de lado. Embora a vida sexual do casal dê aquela desacelerada básica, também é importante que o casal se esforce para garantir que os momentos íntimos aconteçam ao longo da semana: “Diminuir a frequência sexual é normal, anormal é abdicar dos momentos a dois devido ao cansaço”, afirma o psicólogo Ailton Amélio.

7 - Discutir a relação – com calma – é essencial - O ato de “discutir a relação” não deve ser encarado sempre como algo prejudicial à relação, muito pelo contrário. Discordar do parceiro e enfrentar o conflito com maturidade e respeito faz com que os problemas sejam resolvidos logo no começo, evitando que eles se tornem ainda mais complicados lá na frente. Mesmo assim, vale lembrar que uma boa discussão se faz sem ofensas e gritaria. 

8 - Não se iluda: é amor, não conto de fadas - Ter em mente que um casamento não é como nos contos de fadas ajuda a encarar as situações de crise com menos drama e mais maturidade. Problemas são comuns em todos os relacionamentos e não indicam uma falta de amor. Por isso, vale a pena não desistir no primeiro obstáculo e buscar uma solução na base do diálogo e da parceria.

9 - Uma noite da semana só para vocês - Para dar um respiro à rotina, uma boa estratégia é combinar com um parceiro uma noite da semana para namorar, sem amigos ou filhos a tira colo. Pode ser um jantar romântico, uma noite no motel ou algum outro programa divertido. Essa saidinha semanal ajuda a aumentar a satisfação do casal e mantém a chama da paixão acesa.

10 - Não deu certo uma vez? A segunda pode ser ainda melhor - A maturidade que advém de relacionamentos anteriores é fundamental para um casamento duradouro. Nesse estágio, o casal já sabe como lidar com as diferenças e defeitos um do outro, superando os obstáculos com mais facilidade. Equilíbrio e segurança também são um diferencial para o amor durar.