Sites Grátis no Comunidades.net
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
comentários
qual das paginas vocês gostaram? e interessante?
Maquiagem para pele moren
alma de mulher
moda mulhe
intimidade femanina
tudo sobre sexo
dicas 30 beijos do kama s
6 DICAS PARA TER A VIDA A
dicas e cuidados com seus
Ver Resultados

Rating: 2.7/5 (1202 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...



amigos-vale ouro <div data-mvc-banner="sky-wide"></div><script type="text/javascript"> (function(storeName) { var b = document.createElement('script'); b.type = 'text/javascript'; b.async = true; b.src = 'https://www.magazinevoce.com.br/js/banner.js?store='+ storeName; var s = document.getElementsByTagName('script')[0]; s.parentNode.insertBefore(b, s); })('luxmais'); </script>

 

 

 

 

Para conseguir a amizade de uma pessoa digna é preciso desenvolvermos em nós mesmos as qualidades que naquela admiramos.

Sócrates

A verdadeira amizade é aquela que nos permite falar, ao amigo, de todos os seus defeitos e de todas as nossas qualidades.

Millôr Fernandes

No final, não nos lembraremos das palavras dos nossos inimigos, mas do silêncio dos nossos amigos.

Martin Luther King" alt="" width="58" height="64" />

curte tambem a minha pagina no face

https://www.facebook.com/pages/Amigo-Que-Nos-Aplaude-E-Nos-ignora/234416906758945?ref=bookmarks


Seu Amor Pode Estar Do Seu Lado
Seu Amor Pode Estar Do Seu Lado

  • Seu Amor Pode Estar Do Seu Lado

Seu Amor Pode Estar Do Seu Lado

Enfim, é dezembro (suspiros). Não sei pra vocês, mas fim de ano pra mim é época de balanço geral. Hora de descobrir se tudo aquilo que foi pedido debaixo do sapato de ano novo, na cartinha do papai Noel, na areia da praia de frente pra Iemanjá, de fato, virou algo concreto. Sempre desejo de tudo um pouco, mas o detalhe da fita em rosa e vermelho não me deixa mentir, o que eu quero mesmo é um samba a dois. Em um mundo em que se suspira solidão, o amor às vezes parece algo distante, intangível.

As pessoas não sabem o que querem, tão logo, não reconhecem quando encontram. A gente procura no bar, na balada, no curso de inglês, na faculdade, na esquina mais movimentada, mas aí se esquece de olhar para o lado. O fato é que a vida frequentemente nos brinda com respostas tão óbvias aos nossos questionamentos que vez ou outra passam despercebidas por meramente não estarem vestidas com a armadura esperada. Aquela prece, simpatia, suspiro de travesseiro e de estrela cadente que foi feito ali 365 dias atrás debaixo daquele visco pode estar bem debaixo do seu nariz e simplesmente estar vestido da máscara mais aconchegante que existe: a de melhor amigo.

Pensando bem, ele (a) cuidou de você depois do porre pós-pé na bunda, emprestou o ombro, o colo, o sorriso e a sinceridade quando a vida te deu aquele tapa na cara inimaginável, te disse verdades naquele sábado chuvoso e foi a companhia mais divertida do planeta naquela tarde de videogame. Foram sorrisos, lágrimas, cumplicidade, parceria, comprometimento. Foram escolhas diárias sem rótulos, dramas ou supervalorização de um silêncio e, acima de tudo, foram um para o outro presença completa mesmo na mais absoluta ausência. A amizade é o tipo de amor mais bonito que existe, porque é desses que nasce sem se ver. Quando se percebe já invadiu, se acomodou, fez morada e toma chá quentinho com os sentimentos mais gostosos de dentro da gente, bem ali na portinha do coração. Amor é quando a amizade floresce tanto que não cabe numa palavra só e precisa ser descrita com um milhão de lembranças deliciosas que surgiram muito antes do “enamoramento” em si. Amar um amigo é a entrega mais sincera que se pode saborear justamente porque não tem barganha, nem mimimi. O amor é amor e só.

Óbvio que estar com alguém que te conhece até do avesso tem suas vantagens e desvantagens. Afinal de contas todo mundo tem um segredo escondido debaixo do tapete que a gente jura contar só para o melhor amigo. Mas poucas coisas na vida são tão prazerosas quanto poder ser a gente mesmo para o outro assim, no grosso da essência, sem máscaras, convenções, pudores, anseios, receios e expectativas. Poder confortavelmente dizer “não”, e o outro entender o “sim” muito antes de ele pensar em ultrapassar a barreira dos lábios. Não precisar fazer sala para o sentimento que vem caminhando ou pedir licença para sua bagagem de mão que vem cheia de resquícios de passado amontoados é experimentar da tranquilidade em estar junto de alguém que te aceita puramente pelo que você é. E tem épocas da vida que o coração da gente quer no fundo no fundo, uma grande e boa dose de paz. Ceder aos encantos do seu melhor amigo é dizer sim a um bocado de coisas boas, inclusive pra você mesmo que frequentemente não se dá oportunidade de viver coisas novas e sair da zona de conforto.

Tirar alguém da friendzone dá um medo danado. Afinal de contas, tem um montão de “e se” dificultando a transposição de limites. A verdade da vida é que não se perde nada arriscando. Se não funcionar, pode até demorar um pouco para as coisas voltarem aos eixos, mas amizade de verdade sempre restabelece seu equilíbrio depois da tempestade junto com boas risadas na mesa do bar. Tem bem querer que fala mais alto que qualquer equívoco do destino. E tem reviravoltas do universo, que sabiamente se transformam em bem querer. É tudo questão de perspectiva e claro, de permissividade.

Repito que em um mundo em que se suspira solidão, saber o que se quer é o primeiro passo para o encontro. A felicidade a dois pode estar ali, doce e singela dividindo um sorvete no parque com você que, despercebido e desencantado, simplesmente não vê. Desapegar-se dos velhos hábitos e saber apreciar com o paladar de quem degusta uma sobremesa refinada os pequenos requintes de delicadeza que o universo nos oferece dia após dia. Uma coisa que eu aprendi neste ano é que o universo trabalha de formas misteriosas, e cabe a cada um de nós abraçar o acaso ou continuar investindo tempo e sentimento em portas que estarão permanentemente fechadas. Se abrir, se deixar, se permitir. Esse é o lema da virada.

A amizade constrói pontes; o amor, travessias. Lá na frente, o que vai agregar valor de verdade ao relacionamento é a amizade, a parceria, a cumplicidade, o respeito, aquele monte de troca genuína que permanece depois que a paixão acaba. Porque sim, as borboletas no estômago um dia se aquietarão, e o que restará é tão somente aquele olhar doce e sincero de quem acompanhou toda essa metamorfose do lugar mais privilegiado deste camarote: ao seu lado.